O nosso chimas

O hábito que se iniciou com a chegada dos espanhóis às terras da América do Sul e adaptaram o costume de beber erva-mate que já era praticado por índios Guaranis, é no Rio Grande do Sul símbolo da hospitalidade e do aconchego, sendo servido em qualquer estação do ano. Na capital, é bem comum a grande quantidade de pessoas andando pelos parques com a bebida típica na mão. O sabor do chimarrão movimenta tanto o turismo e a economia de algumas cidades do Estado, que existe a Rota do Chimarrão, reunindo paisagens e atividades tipicamente gaúchas, combinando arquitetura, gastronomia e turismo rural.


Aqui em Porto Alegre, foi instalado em 2004 na rótula entre as avenidas Augusto de Carvalho e Edvaldo Pereira Paiva, ao lado do Parque Harmonia, o monumento em fibra de vidro chamado Supercuia. Na peça criada por Saint Clair Cemin para a Bienal, interagem as formas de figuras geométricas com linhas que lembram as tradicionais cuias gaúchas. Mas popularmente o povo conhece o monumento como "as supertetas".



Não nos abalamos por este detalhe, pois o “chima”, é tão levado a sério na cultura gaúcha, que eis aqui os dez mandamentos dessa bebida:


01. Não peças açúcar no mate.

02. Não digas que o chimarrão é anti-higiênico.

03. Não digas que o mate está quente demais.

04. Não deixes um mate pela metade.

05. Não te envergonhes do “ronco” no fim do mate.

06. Não mexas na bomba.

07. Não alteres a ordem em que o mate é servido.

08. Não durmas com a cuia na mão.

09. Não condenes o dono da casa por tomar o primeiro mate.

10. Não digas que o chimarrão dá câncer na garganta.


Pércio de Moraes Branco


São tantos anos de tradição, e com o tempo algumas variações da cuia de chimarrão estão surgindo. Além das clássicas cuias de porongo, cuias feitas de madeira, cerâmica, aço inox e de composto de polímero modificado, estão ganhando espaço. Estas três últimas surgem como boa opção para as pessoas que querem evitar o escurecimento ou formação de mofo na cuia. A Bahtchê Volta dispõe na loja do site, as cuias Matesito, desenvolvidas especificamente para aguentar altas e baixas temperaturas, além de serem coloridas e super estilosas! A única dúvida é decidir qual cor levar. Confira lá!